Dados de acesso incorretos.

Lista de Materiais

DESTAQUE

Plataforma online auxilia alunos no ensino à distância

Por Fernanda Beatriz

Com a suspensão das aulas por causa da pandemia da Covid-19, o Coronavírus, alunos da Rede de Educação Adventista terão à disposição uma plataforma de estudos online que servirá de apoio para que sejam mantidos os hábitos de estudo enquanto durar o período de recesso. A finalidade é preservar a saúde da comunidade escolar de modo que os alunos possam prosseguir recebendo conteúdo didático.

No Sudeste, a expectativa é que a plataforma seja disponibilizada aos alunos, pais e professores a partir da próxima semana. No Rio de Janeiro, as aulas estão suspensas até 30 de março. Em Minas Gerais, a suspensão ocorre até 31 de março e no Espírito Santo até 4 de abril.

Veja algumas perguntas e respostas sobre a utilização deste recurso:

Como vai funcionar?

Para acessar a plataforma, é preciso fazer login no portal da Educação Adventista.

À esquerda da tela, o usuário encontrará a aba “e-class”. Nela, o professor postará o conteúdo das aulas em formato de arquivo de texto, áudio ou vídeo. Já o aluno, além de ter acesso ao material, poderá interagir com o professor respondendo as atividades e tirando dúvidas também por meio dos recursos multimídia.

De acordo com a coordenadora pedagógica da Educação Adventista Carla Regina Santos, que atende o Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, estes recursos possibilitam que o professor tenha mais possibilidades no momento de formular as atividades, não ficando restrito apenas a exercícios com questões de múltipla escolha.

“O professor pode gerar uma atividade prática. Pensando em educação física, por exemplo, a proposta pode ser que o aluno identifique situações que precisam ser corrigidas numa situação de pandemia e grave um vídeo. Pensando num professor de inglês ou espanhol, por meio do recurso de áudio ele pode receber a pronúncia do aluno. Não é um recurso limitado para que ele somente envie questões e receba respostas de ‘a, b, c ou d’”, explica Carla.

E no caso dos alunos da Educação Infantil?

A plataforma também será utilizada para passar conteúdos para os alunos da Educação Infantil, porém, neste caso, será imprescindível a mediação dos responsáveis. “Este é um momento, principalmente na Educação infantil, que nós precisamos investir na integração entre família, escola e criança para que os alunos consigam realizar os comandos que os professores estão sinalizando”, pontua Carla.

Os professores têm sido orientados a utilizar mais os recursos de vídeo e planejarem aulas com ferramentas lúdicas a fim de reter a atenção das crianças.

Veja um exemplo de conteúdo que tem sido produzido para o público infantil:




 

Quais são os objetivos de implementar a plataforma?

De acordo com Carla, existem dois objetivos: o primeiro é seguir as orientações do poder público para preservar a saúde da comunidade escolar de modo que os alunos possam prosseguir com os estudos. O segundo é possibilitar que as famílias tenham uma ferramenta de estudos que auxilie na organização da rotina dos filhos em casa neste período de recesso.

Sucesso da modalidade de ensino exige disciplina e acompanhamento dos pais

 

Plataforma online auxilia alunos a manterem hábitos de estudo durante recesso



Na casa da recepcionista Núbia Grubert, mãe de Giovana, de 9 anos, e de Guilherme, de 13, a palavra do momento é adaptação. Ela acredita que o uso da plataforma amenizará os prejuízos do recesso. “Nós pais precisamos junto com eles nos adaptar a esta nova realidade que estamos passando, precisamos criar uma nova rotina de atividades e sermos o apoio para nossos filhos neste momento de mudança. Juntos, escola e pais, vamos passar por essa crise, um apoiando o outro”, acredita Núbia.